desde 1998                                  Informativo WMulher
::  Home
::  Beleza
::  Celebridades
::  Comportamento Social
::  Dieta & Boa Forma
::  Esotérico
::  Família
::  Lar Doce Lar
::  Moda
::  Mulheres em Destaque
::  Periscópio
::  Poesia & Companhia
::  Receitas
::  Relacionamento
::  Saúde
::  Sexo
::  Trabalho & Companhia
::  Viagem & Companhia
::  Boletim WMulher
 
Quem somos
Fale conosco
Anúncio

Lar Doce Lar

A Parábola do Jardineiro.
Data: 07/11/2003

Por: Clube Paulista de Jardinagem

Por: Hermes Moreira de Souza

 

Uma vez, no depósito de ferramentas de um Jardineiro, na ausência dele, elas resolveram realizar uma assembléia para eleger a ferramenta que fosse a mais importante, atuante e eficiente, que como presidente as representasse em qualquer circunstancia.

 

De inicio foi aventado o Facão, mas a Foice manifestou-se contra, por ser ele muito agressivo, violento e por executar um trabalho limitado, apenas abrindo passagem, retalhando tudo que tinha feito pela frente. Afirmava ser ela menos agressiva; roçava a área a ser trabalhada. A Enxada não concordou dizendo ser ela a melhor representante das companheiras por ser o símbolo clássico do trabalho no campo. Foi a vez do Enxadão discordar, dizendo ser o trabalho dela muito superficial, exercido sem muito esforço, enquanto que o dela era mais eficiente, pois eliminava aquilo que não prestasse e abria covas para as plantas. Nesse momento a Cavadeira protestou, alegando que trabalhava melhor que ele, seu trabalho era mais perfeito e além disso, podia trabalhar em lugares de acesso difícil, sem perturbar as plantas vizinhas. Aí se fez ouvir a Vanga, alegando que o trabalho da Cavadeira era imperfeito e que havia necessidade dela completá-lo e ampliá-lo para conforto das plantas e facilidade para o que fosse plantado.

 

Ante a indecisão das manifestantes, o simples e modesto piquete afirmou que era ele que disciplinava os trabalhos das companheiras, delimitando o local onde deviam trabalhar, seus limites e locais para as covas serem abertas. Mas, aí a Cordinha do Jardineiro que formava um novelo protestou, alegando que era ela que delineava as retas e curvas graciosas dos caminhos e dos canteiros. Mas, foi a vez da Colher de Carpinteiro protestar, dizendo que a Cordinha era enovelada e vivia enrolada, sem capacidade de decisão, e, que ela era importante porque com ela o Jardineiro fazia trabalho meticuloso e delicado de plantio dos canteiros. Entretanto, o Rastelo interviu informando que todas as colegas não eram eficientes, pois deixavam a área trabalhada totalmente irregular, desnivelada, com torrões e detritos e que ele tinha que finalizar o trabalho, nivelando a superfície, removendo os torrões e detritos, deixando assim o canteiro em ordem.

 

Nessa altura, o Regador e o Esguicho, seu associado, derma a sua opinião afirmando que eram imprescindíveis, posto que eles é que davam conforto a tudo o que fora plantado, abençoando e acomodando as plantas traumatizadas com a água pura e fresca que espargia. Nesse momento o Sacho e o seu sócio, o Ferrinho do Jardineiro manifestaram o seu protesto. Alegaram que sem eles a terra ficaria tomada  de plantas invasoras e sua superfície ficaria endurecida e impermeável, impedindo o desenvolvimento das plantas, necessitando ser afofada com a retirada do mato.

 


continuação
Versão de impressão Envie para um amigo

  Clube Paulista de Jardinagem
  :: Iluminação no Jardim
:: Quando e como uma árvore pode ser podada?
:: A Parábola do Jardineiro.
:: Algumas Mirtáceas Brasileiras
   
  Franco Guizzetti
  :: "Primavera - estação dos movimentos e mudanças, que trazem harmonia"
:: Sua harmonia e ação para sua cidade.
:: Feng Shui: Limpe a casa e você.
:: Feng Shui: Quarto de criança - Dicas e cuidados pelo feng shui
   
  José Bruno dos Santos
  :: Pintura em parede de alvenaria
:: Alumínio - o elemento do futuro
:: Pintura em parede de alvenaria
:: Ergonomia e suas relações
   
  Diversos
  :: Animais de estimação também têm sentimentos que podem ser tratados com os florais de bach originais
:: Aço inox na cozinha
:: Brilho e sofisticação na CASA COR 2008
:: Checklist - como garantir a segurança da família em casa?
   
  Arquiteta Clarice Mancuso
  :: Cortinas
:: Cores
:: Tapetes
   
  Redação
  :: Feirão ajuda a vender casas em SP - veja nossa Cartilha
:: Faça do Limão o seu aliado no lar
:: Especial: Natal sem estresse
:: A era dos Jetsons já chegou!
   



"As opiniões aqui expressadas pelos colaboradores são de inteira
responsabilidade dos mesmos."
[ WMulher © 1997-2014. Todos os direitos reservados. ]